4º CopaFest: evento terá Airto Moreira e baile com Lincoln Olivetti e Clube do Balanço

|


Festival voltado à diversidade da música instrumental, o CopaFest surpreende ao anunciar o programa de sua quarta edição (de 20 a 22 deste mês), no palco do Copacabana Palace Hotel, no Rio de Janeiro. O elenco reúne, mais uma vez, grandes músicos desse gênero, como na noite de estreia, na qual o pianista Gilson Peranzzetta e o saxofonista Mauro Senise vão reler composições de Edu Lobo (à esquerda, na foto acima, com Senise e Peranzzetta), que fará uma participação especial durante esse show. 


Para a sexta-feira (21/10), os curadores Bernardo Vilhena e Carol Rosman prepararam uma noite inusitada, com um baile ao estilo dos anos 60 e 70. A animação e os grooves ficarão por conta de especialistas nessa modalidade: a banda paulista Clube do Balanço, que vai exibir versões instrumentais de itens de seu repertório dançante, misturando samba-rock, jazz, soul e funk; e o tecladista fluminense Lincoln Olivetti, arranjador muito influente na MPB dos anos 1980, que fará uma homenagem ao organista Ed Lincoln.

Dois cultuados veteranos de nossa música instrumental encerram o evento, no sábado (22/10). Depois de ter feito arranjos para vários astros da MPB, como Elis Regina, Marcos Valle e Ivan Lins, o músico e compositor carioca Arthur Verocai praticamente sumiu da cena musical por três décadas, até ser redescoberto por DJs estrangeiros. Quem fecha essa noite é o percussionista e compositor catarinense Airto Moreira (na foto abaixo), ex-integrante do lendário Quarteto Novo e parceiro de Miles Davis, Herbie Hancock e Wayne Shorter, entre outros expoentes do jazz. 

Nos três dias do CopaFest, os DJs Tuta e Pedro, do coletivo Vinil É Arte, prometem animar a plateia, tocando seleções especiais que incluem pérolas da música instrumental brasileira de acordo com as atrações de cada noite, sempre a partir das 20h.


Mais informações no site do evento: www.copafest.com.br                                                                                                                                                                   Ph

1 Comentário:

Blog do CEL disse...

Olá, Carlos. Sou jornalista e estudante de História na UFF/RJ. Estou iniciando uma pesquisa para mestrado e gostaria de te fazer algumas perguntas sobre o Jorge Ben na sua fase tropicalista de 1969. É possivel?

Aguardo resposta no e-mail blogdocel@gmail.com

Grato.

 

©2009 Música de Alma Negra | Template Blue by TNB